sexta-feira, 4 de junho de 2010

doce

Meus olhos se encontram com os seus e tudo em volta se transforma em beleza, doce doce doce, é assim que eu me sinto quando minhas mãos tocam as suas de forma tão natural. E meus braços se entrelaçam no seu corpo formando uma cena tão bonita, que me sinto doce doce doce, é assim que eu me sinto quando estou com você. Não penso em nada, nada, nada porque de alguma forma (nós gostamos de usar de alguma forma) o céu continua ali. As nuvens são feitas de algodão doce. Doce doce doce, é assim que me sinto quando seus lábios tocam os meus tão delicamente. Doce, doce, doce... tão doce. 

7 comentários:

Ivan disse...

Doce doce doce. Lendo dá até impressão que é uma música. Que melodia bonita. Belo texto!

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

E quando é doce é uma maravilha.

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

disse...

Sou mto fã!
Bjusss...bom findi!

disse...

Oiii Laís! Adoro as coisas que vc escreve! tanto qto as que a Tati escreve!
Obrigada pela visita! Volte sempre!

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Laís,

Lendo seu about pensei em como é bom escrever o que vive e o que a emoção transmite, né?

Lindo, menina linda.

Beijo imenso.

Rebeca

-

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Todo domingo mando algo que acho interessante para os amigos e hoje não poderia ser diferente. Encontrei por uma menina que brinca com o designer fazendo pontilhado em almofadas. Muito legal, até porque quando os pontos são ligados é uma posição do kama sutra que aparece. Leve e original, amei! Espero que goste, porque Milene Rebuzzi se garante:

http://www.coroflot.com/public/individual_set.asp?individual_id=275238&set_id=419719&

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Sil.. disse...

Laís, vim aqui me banhar de poesia!
Voce escreve lindamenteeeeeeeee!

Um abraço grande!